9 de mar de 2010

Estrias...quem as quer????

Meninas, vamos falar de um probleminha que atinge 90% das mulheres e que insiste em fazer parte do nosso corpo.



O que é estria?

As estrias caracterizam-se por um rompimento das fibras elásticas que sustentam a camada intermediária da pele, formada por colágeno e elastina (responsáveis pela sua elasticidade e tonicidade). As estrias afectam homens, mulheres em idade adulta ou durante a adolescência, mulheres no transcorrer da gestação, e até mesmo crianças não escapam das estrias. As estrias geralmente são comuns nas mamas, quadris, culótes, coxas e nádegas.

O que causa?

Engordar-emagrecer: As estrias costumam aparecer mais em pessoas que costumam engordar e emagrecer de forma contínua, visto que com o aumento de peso, as células não têm tempo de se duplicar proporcionalmente ao excesso de gordura. Devido a isso é comum as estrias aparecerem em regiões em que há um aumento de peso maior como no bumbum, barriga, braços e mamas.
Crescimento rápido: As pessoas magras também podem ter estrias. Quando acontece um crescimento rápido durante a puberdade, o corpo necessita de tempo para se adaptar ao crescimento dos órgãos e quando isto não ocorre a estria aparece.
Tempestade hormonal: Na puberdade, o corpo recebe uma quantidade muito grande de hormônio. Esta mudança hormonal causa alterações drásticas no corpo levando, muitas vezes, ao aparecimento de estrias.
Excesso de exercícios: Quando os músculos aparecem de forma muito rápida acabam esticando demais a pele e rompendo suas fibras.
Gravidez: Os hormônios da gravidez junto com o aumento de peso, crescimento da barriga pode levar ao aparecimento das estrias. De acordo com dermatologista, é fundamental controlar o aumento de peso, que não deve ser superior a 12 quilos, como também procurar deixar a pele hidratada com uso de óleos para o corpo.
Ressecamento da pele: O abuso do sol pode contribuir para o surgimento de estrias. O sol deixa as fibras mais frágeis e compromete suas propriedades. Os banhos muito quentes que removem a camada protetora da pele e a falta de hidratação também contribuem para o aparecimento de estrias.

Como prevenir?

Uma alimentação de qualidade para prevenção de estrias deve ser composta minimamente de dois compostos. O primeiro deles é o COLÁGENO e o segundo seria a VITAMINA C. As razões para que a alimentação seja rica em colágeno são mais do que evidentes, pois quando falamos em estrias o colágeno é praticamente um sinônimo. O colágeno garante a nossa pele elasticidade natural o que não permite o estiramento da mesma e conseqüentemente não permite a formação das estrias. O colágeno deve ser consumido diariamente (duas a três vezes) ao dia, de modo que forneça um aporte necessário ao nosso organismo. O colágeno serve não somente para a prevenção de estrias, como também deve ser consumido mediante o tratamento de estrias quando, de modo que a renovação das fibras colágenas da pele sejam mais rapidamente reestruturadas.
Em relação a vitamina C, não podemos deixar de falar a respeito dela, tendo em vista que a vitamina C é indispensável para a síntese de fibras colágenas da pele. Para se obter a síntese de colágeno endógeno precisamos incorporar o hábito de ingerir vitamina C diariamente. A vitamina C, juntamente coma ingestão de colágeno garantem a nossa pele o viço necessário para prevenção das estrias.
A maior concentração de colágenas que podemos encontrar é na gelatina e a vitamina C encontramos em concentração na laranja.

Os tratamentos:


Lembrando que devemos ter sempre a orientação de um especialista, porém aqui vai algumas dicas:

Hidratação: ideal para as estrias em estágio inicial. Associada a (auto massagem) e ao peeling químico. Os cremes para assegurarem uma boa hidratação devem ter óleos vegetais (amêndoas), colágeno, elastina, lipossomas e outros agentes hidratantes.

Microdermoabrasão: a microdermoabrasão é peeling mecânico que utiliza micro cristais de sílica e óxido de alumínio. Faz uma descamação suave com escoriações, o que estimula a regeneração da pele formando novas fibras de colágeno e elastina. As estrias tornam-se mais finas e menos aparentes.
Estimulação elétrica: a aplicação de microcorrentes, através de punturas em vários pontos da estria.

Mesoterapia: injeções de várias substâncias que contenham uma mistura de ácidos (retinóico, glicólico, ascórbico), que visam melhorar a qualidade da pele, por meio de uma retração das estrias.

Aplicação de ácidos: os ácidos normalmente utilizados no tratamento das estrias são o retinóico e o glicólico. O ácido glicólico promove uma leve exfoliação da pele, o que estimula a microcirculação e a produção de novas fibras de colágeno. O ácido glicólico a 70% (sob indicação médica) penetra na derme superficial, reorganizando-a O ácido retinóico assemelha-se à atuação do ácido glicólico. Porém como possui uma molécula maior, a descamação é mais intensa, causando uma pequena retração na epiderme e na derme superficial.

Cromopeel: é um peeling químico superficial feito através da associação de ácidos, como a resorcina, ácido lático e ácido salicílico com colorante. Descama e afina a pele na área das estrias, além de escurecer as partes brancas, deixando a região com uma coloração uniforme. Não é aconselhável tomar sol durante este tratamento para as estrias.

Laser cooltouch: é uma das técnicas mais avançadas. Não é abrasivo, dispensa anestesia e permite à paciente retornar suas atividades diárias após 30 minutos de aplicação. O laser gelado age profundamente, estimulando o colágeno e melhorando o aspecto das estrias. Ele atravessa a pele, sem queimá-la. A radiação atinge a derme, provocando a reorganização da trama elástica que está desgastada.

New Derm Mask: Peeling químico profundo. Atua na camada mais profunda da derme e tem o poder de reestruturar e retrair a pele. É um método americano à base de substâncias exfoliadoras e regeneradoras. Não provoca lesões nas células produtoras de melanina e aumenta a produção de colágeno, fibroblastos e elastina. É indolor, feito em três etapas. Na primeira etapa, a fórmula usada possui, entre seus ativos, o fenol (em doses controladas pelo médico). Na segunda, a base do produto aplicado é o iodeto de timol, com ação cicatrizante. Na terceira, usa-se um preparado hidratante para acalmar e amaciar a pele. Este tratamento de estrias dura no máximo quinze dias. Tomar sol não é permitido durante as aplicações, somente trinta dias após o tratamento, com o uso de bloqueador físico e químico.





Easy peel: é um peeling de TCA ( ácido tricloroacético) em baixas concentrações. Provoca descamação e reestruturação da pele, melhorando o aspecto das estrias.

Strialees ou grooveless: substância que contém como princípio ativo o polímero da glicose mais a vitamina C. É injetada com agulhas muito pequenas que sobre as estrias e estimula a formação de colágeno na área afetada. A aplicação é feita em consultório médico.

Subscision: nesta técnica usa-se uma agulha especial, que tem uma ponta cortante. É introduzida na região das estrias e girada a 360 graus, de modo a romper o tecido. A agressão estimula a formação de novas fibras de colágeno e elastina nos espaços onde houve o rompimento, nivelando a depressão da pele.



Úrsula, esperamos que tenha gostado dessas dicas.
Afinal esse post foi criado através da sua indicação!



Beijos...



Nat e Carol!







Fonte:
http://www.saudenarede.com.br




9 Comentários:

aninha disse...

Olá, amei essa reportagem, a maioria das mulheres tem estrias e eu não imaginava que existia tantos tratamentos!!!
bjO

Lingeries Finas disse...

Nossa adorei, mais acredito q td dev ser caro, sumir totalmente com elas eles ñ somem, mais amenizam, quem sabe qd eu ficar rica rsrs

adorei era um assunto q gostaria de saber tbm

bjos e parabéns

Lingeries Finas disse...

Nossa adorei, mais acredito q td dev ser caro, sumir totalmente com elas eles ñ somem, mais amenizam, quem sabe qd eu ficar rica rsrs

adorei era um assunto q gostaria de saber tbm

bjos e parabéns

Noiva Nani disse...

aiaiai..depois das minhas gravidez minha bundinha virou um mapa dos rios do brasil..kkkk
mas não tenho grana pra tirar então deixa elas...vai que um dia eu e o noivo nos perdemos..ai já tenho um mapa...kkkkkk

disse...

Amei a reportagem, mas odeio estrias...rsrsrs.
Bjs

Poliana disse...

Eu tenho e odeeeeeio!
òtimo post meninas!
Bjs

Laiz.M disse...

eu quero deixar um super dica, o produto Striactive da Dermage.
É perfeito para amenizar as strias gente... Aquelas que são vermelhinhas ele elimina completamente e as branquinhas ele ameniza bastante! eu adoro...
fica a dica!

Than disse...

Meninas, eu tenho estrias e de moooonte! Afff....
Tenho estria, celulite, td q a mulher odeia...kakakakaka
Pessimo ne????
Adorei a materia!

Bjos

LUCYANNE PRINCESINHA disse...

oi
fiquei passada ao saber que o excesso de sol pode contribuir para o surgimento das estrias.
que bom que não pego sol ha muito tempo!
bjs

Loading...
 

©2009 Colcha de Retalhos | by TNB |Costumizado por Rô Kusdra | Identidade VisualTati no Jardim